.comment-link {margin-left:.6em;}

Pecado da Preguiça

From the flats and the maisonettes they're reminding us there's things to be done. But you and me, all we want to be is lazy. --- pecadodapreguica(arroba)gmail.com

Monday, July 02, 2007

Live From New York - 1

Os americanos (ou talvez sejam só o nova-iorquinos) são um povo que me confunde. Por um lado há toda a carga de “ah, são burros e snobs e gostam de declarar guerra a tudo o que mexe”. E depois há as experiências que tenho tido desde que cheguei. As pessoas que me perguntam de onde venho e que depois me brindam com um surpreendente “Portugal? Cool! Lisbon or Sintra?” ou um “off course I know it. Cristiano Ronaldo is amazing”. O homem que me viu cheia de bagagem em Queens, estacionou o carro e saltou literalmente para o meio da estrada a esbracejar até um táxi parar. A rapariga da farmácia que quando viu que me faltava dinheiro tratou logo de aldrabar a minha conta para eu não ter de pagar tanto.

Os americanos também são um povo que, por mais bandeirinhas que acenem, é capaz de gozar com ele mesmo. Ontem tive a experiência de ir ver o novo filme do Michael Moore, “Sicko”, numa sala a rebentar pelas costuras com americanos. Riram-se, reagiram e bateram palmas no fim. E deram o braço a torcer de que não são os melhores em tudo. Foi estranho ouvir as palavras de incredulidade quando no filme apareceu um francês que esteve três meses de baixa e a receber o salário à mesma. Para um americano, que paga balúrdios por um seguro de saúde e tem 15 dias de férias num ano, é um mundo à parte.

Ontem dei finalmente entrada naquela que vai ser a minha casa durante dois meses. É pequenina e antiga (a lembrar-me a minha casa de Lisboa), mas tem uma localização óptima. Para quem conhece Nova Iorque ou é fã do Spiderman, fica a três quarteirões do Flat Iron Building. Na minha rua já foram filmadas cenas de filmes como o Quase Famosos ou o Idade Da Inocência. Um sítio catita, portanto.
A rapariga com quem estou a dividir casa é uma porreira. É produtora de filmes independentes e totalmente descontraída. Mal cheguei conheci logo duas amigas dela, incluindo uma rapariga judia. Mas judia como as que se vêem nos filmes. Torturada porque quer ser cantora mas a religião dela diz que os homens não a podem ouvir cantar. Ofereceu-nos um CD com as canções dela, que tirou de um enorme saco. Os outros eram para distribuir na rua, sem saber muito bem se os havia de dar a homens ou não. Ouvimos algumas músicas (bem boas, por sinal), ao longo das quais ela nos ia explicando que as letras que pareciam de amor eram na verdade sobre o Deus dela. Confessou-nos que tinha chorado ao gravar muitas delas. E depois de uma pequena pausa acrescentou “mas também, estava TÃO charrada”. Dito isto arregaçou a manga da sua veste típica e mostrou um moderno adesivo de nicotina: “mas estou a deixar”. Despediu-se dizendo “thanks for listening to my music. This was the best day of my life…again”. E explicou que é assim que encara a vida: cada dia é sempre o melhor. Pareceu-me um óptimo mote para estes meus dois meses em Nova Iorque. Só dispenso os charros, que dão-me a volta à barriga.

7 Comments:

Blogger #nbs# said...

Nova york não é na América... aliás... nova york e seattle são na europa ...
Quem acha que os americanos são todos burros são os americanos da europa... digo eu...

4:11 am  
Blogger Juani said...

Gostei mto do blog... e deste post. Eu que algumas vezes digo uma boquinha ou outra contra os americanos, embora saiba que bons e maus há em todo o lado.
Desejo-te uma óptima estadia ;)

2:24 pm  
Blogger Fred said...

pois… new york é mais europa que usa…
mas o povo tem fama de excelente, e apesar de culturalmente muito diferentes, têm muita coisa boa! =)
ainda bem que a experiência está a começar da melhor forma, e que tudo corra bem! Continua a partilhar as novidades!
Boa estadia! =)

3:26 pm  
Blogger lia said...

:-)

Ainda bem que corre tudo à medida de NY (em grande!).

Quando por aí passei, de rajada, fiquei com a mesma surpreendente impressão...

Beijinhos,

Lia

3:58 pm  
Blogger Elora said...

Ainda bem que estás a gostar!

6:48 pm  
Anonymous vitor said...

Também me surpreenderam a mim, através da tua experiência :)

Ainda bem que está tudo a correr bem! Se puderes tira buééééééda fotos!

Jitos

9:05 pm  
Anonymous joana said...

Tou a ver que os meninos te estão a tratar bem e que estás praticamente em casa!

Gostei de ter notícias ;)

bjos

10:32 am  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home